Tag Archives: Manuel Alegre

E EU RECORDO

20 Jan

“Louçã é um Cavaco do avesso. Estou farto das lições de moral. Não aceito a direcção espiritual de Louçã que parece ter errado a vocação. Ele deixou de combater Cavaco Silva e persiste em combater as forças de esquerda. Ele anda aqui atrás de uns dinheiros e de uns votozinhos. Eu sou de outro campeonato. Eu tenho um passado político de luta e de resistência, Louçã não sei se tem.”

Manuel Alegre na campanha eleitoral de 2006. em In coerências

Anúncios

SER ALEGRE

19 Jan

A candidatura de Manuel Alegre à Presidência da República reúne as condições para assegurar a unidade da esquerda e a reafirmação dos princípios do Estado de Direito e valores Republicanos.
É conhecida a resistência de alguns, mas ela será superada em benefício de um País que deseja colocar em Belém um candidato identificado com os valores e que garanta a estabilidade governativa.

Um candidato que honre a memória de António Macedo,Tito Morais,Ramos da Costa, Raúl Rego,Teófilo Carvalho dos Santos, Vasco da Gama Fernandes, Fernando Vale, entre outros. Alegre representará, nesta candidatura, a continuidade de gerações de socialistas que contribuiram para que Portugal cumprisse o sonho de Abril,como Mário Soares, Jorge Sampaio, António Guterres, Ferro Rodrigues e José Socrates.Socialistas que deram contributos determinantes para o reforço do Estado Social.

Alegre sabe que a sua vitória nas presidenciais depende da assumpção da sua militância histórica. E daí partindo,nunca daí fugindo. Sabe Manuel Alegre, tal como os navegadores de tempos idos, que precisa de tapar os ouvidos aos cantos de sereias. Mas sabe também o partido socialista que os candidatos não se inventam, são actos de vontade individual; que as escolhas nunca representam a vontade unânime dos que opinam e que nem sempre é candidato quem quer ( ou queremos) mas quem pode e tem condições para protagonizar projectos vencedores.

O partido socialista como partido da esquerda democrática e moderna não deixará de estar unido no essencial, assumindo o seu papel de liderança do processo eleitoral,e afastando com isso veleidades alheias.
Tem ser esse o nosso rumo, recordando que nem sempre estivemos de acordo mas sempre soubemos discernir o que era importante.

E sabemos quanto é importante eleger Alegre para garantir a estabilidade governativa futura e reafirmar a matriz ideológica de esquerda do PS.

MANUEL ALEGRE

17 Jan

Dia 19 de Fevereiro, 19,30 horas, Hotel D. Luís em Coimbra,
Jantar Com Manuel Alegre.
Inscrições até 16 Fevereiro :Rosa Pita rospita@gmail.com

Financiamento Internacional

oportunidades e recursos

Praça do Bocage

Conversa sobre o que nos dá na real gana…

almôndega

narrativas, cebolas e molho vermelho

Recordar, Repetir e Elaborar

O de sempre, só que de novo.

Pra Fora

Depositário do que eu vejo por aí

O Informador

Jornalismo, média, actualidade nacional e internacional

Palavras ao Poste

A OPINIÃO (QUASE) CERTEIRA

%d bloggers like this: