Tag Archives: governo

Sem Surpresas

26 Fev
A heart that’s full up like a landfill
A job that slowly kills you
Bruises that won’t heal
You look so tired and unhappy
Bring down the government
They don’t, they don’t speak for us
I’ll take a quiet life
A handshake of carbon monoxide
No alarms and no surprises
No alarms and no surprises
No alarms and no surprises
Silent silence
This is my final fit, my final bellyache with
No alarms and no surprises
No alarms and no surprises
No alarms and no surprises please
Such a pretty house and such a pretty garden
No alarms and no surprises (let me out of here)
No alarms and no surprises (let me out of here)
No alarms and no surprises please (let me out of here)

Generalidades aprovadas no OE

12 Nov

Despesa do Governo em deslocações ao estrangeiro

6 Out

Destinatário: Primeiro-Ministro

Ex. ma Sr.ª Presidente da Assembleia da República

O Governo tem anunciado, no âmbito da crise económica que o País atravessa, um conjunto de medidas que visam, por um lado, o corte nas despesas e, por outro, o aumento de impostos por forma a fazer face às medidas acordadas com a troika.
No desenvolvimento das suas medidas, os Portugueses têm tomado conhecimento através da imprensa de um conjunto de iniciativas que em cada Ministério estão a ser tomadas para acompanhar esse propósito do Governo, de redução da despesa, como ocorreu com a orientação de mandar retirar as gravatas por forma a reduzir o consumo de electricidade com o ar condicionado, a não atribuição dos prémios aos melhores alunos do secundário, ou até mandando auditar as despesas com o apoio judiciário que o Estado não pagou.
Acompanhando essa ideia ,embora contrariada pelo constante aumento de impostos, não posso deixar de assinalar a divulgação pelo Sr. Primeiro-ministro da sua opção de viajar em classe económica; mesmo sendo as viagens na TAP oferecidas ao Governo pela empresa, há sempre a registar o simbolismo do acto.
Sabemos do esforço que o Governo está a exigir aos Portugueses e conhecemos as
preocupações tornadas públicas pelo executivo em divulgar medidas simples como as que se referiram, dando um sinal de confiança e solidariedade nacional.

Mas, nesta altura em que se vão agravando as condições de vida dos Portugueses, é imperioso afastar qualquer dúvida que possa recair sobre o empenho do Governo na redução da despesa pública.
Por tudo isso, e para que se afaste qualquer duvida que possa existir sobre as boas intenções do Governo no esforço de redução da despesa pública, requer-se ao abrigo das disposições constitucionais e regimentais aplicáveis, através de V.Exa, que se solicite ao Governo:

1. Lista das viagens oficiais realizadas pelos membros do Governo ou gabinetes
governamentais ao estrangeiro, acompanhada da respectiva fundamentação;
2. Valor, discriminado, da despesa já realizada pelo Governo em deslocações ao estrangeiro;
3. Número de viagens efectuadas pelos membros do Governo em classe económica e valor dessa poupança;
4. Despesa já realizada por este Governo em estadias no exterior, referenciando a categoria dos hotéis (de 3, 4, 5 estrelas ou superiores);

5. Despesa já efectuada por este Governo em refeições no estrangeiro;

6. Número de viagens já efectuadas com os Falcon ou outros meios da Força Aérea colocados ao dispor do Governo, custos dessas viagens, quais os destinos e finalidade.

Palácio de São Bento, sexta-feira, 30 de Setembro de 2011

Deputado(a)s

MÁRIO RUIVO(PS)

IPSS PODEM RECEBER TRABALHADORES DA MOBILIDADE ESPECIAL

21 Abr

“O Ministério das Finanças assina, esta quarta-feira, um protocolo com a Confederação Nacional das Instituições de Solidariedade Social (CNISS) que permitirá aos trabalhadores em situação de mobilidade especial exercerem funções em Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS).

O acordo garante um salário igual ao que os trabalhadores auferiam quando estavam no activo. O Estado assegura assim 70 por cento dos ordenado e as IPSS pagam os restantes 30 por cento.(…)”

ACORDARAM

8 Jan

Professores: Governo chega a acordo com oito sindicatos

Ou como Maria Lurdes Rodrigues cansou os sindicatos que agora ficam sob a (Isabel) Alçada do Ministério (Educação).

Financiamento Internacional

oportunidades e recursos

Praça do Bocage

Conversa sobre o que nos dá na real gana…

almôndega

narrativas, cebolas e molho vermelho

Recordar, Repetir e Elaborar

O de sempre, só que de novo.

Pra Fora

Depositário do que eu vejo por aí

O Informador

Jornalismo, média, actualidade nacional e internacional

Palavras ao Poste

A OPINIÃO (QUASE) CERTEIRA

%d bloggers like this: