Arquivo | Livros RSS feed for this section
Vídeo

A confiança no mundo de Socrates

28 Dez
No passado dia 19 de Dezembro, José Sócrates apresentou a sua obra ” A Confiança no Mundo”,  no Casino da Figueira da Foz. Para falar sobre o livro, que o Ex-Primeiro-Ministro  defendeu e escreveu como dissertação de Mestrado,esteve presente Miguel Sousa Tavares. Desse momento que encheu por completo o Casino da Figueira da Foz aqui ficam estes dois registos.
Pode ver mais sobre esta apresentação aqui

José Sócrates apresentou ” A Confiança no Mundo” na Figueira da Foz

23 Dez
No passado dia 19 de Dezembro, o ex-Secretário-Geral do PS e ex- Primeiro-Ministro, José Sócrates , apresentou no Casino da Figueira da Foz o seu livro ” A Confiança no Mundo”, com a presença de Miguel Sousa Tavares.
Uma sessão que encheu por completo o Salão Caffé do Casino, numa demonstração de interesse pela obra e pelos oradores, mas também uma oportunidade para muitos revelarem a enorme admiração e carinho por José Sócrates.
Apesar da época natalícia, dos eventos que decorriam pelo Distrito, da chuva e do frio, cerca de meio milhar de pessoas esteve no Casino, cativados pelo aceso debate entre Miguel Sousa Tavares e José Sócrates sobre os limites da tortura.
Em suma, uma noite em que duas personalidades carismáticas encantaram.
José Sócrates e Miguel Sousa Tavares

José Sócrates e Miguel Sousa Tavares

Vista parcial do salão do Casino da Figueira da Foz

Vista parcial do salão do Casino da Figueira da Foz

Lider Distrital da  JS , Presidente Junta Freguesia de Buarcos/S. Julião em primeiro plano

Lider Distrital da JS , Presidente Junta Freguesia de Buarcos/S. Julião em primeiro plano

Na companhia de Natalia Conde, José Nuno Paiva Carvalho e o vereador de Góis , José Rodrigues

Na companhia de Natalia Conde, José Nuno Paiva Carvalho e do vereador de Góis , José Rodrigues


A chegada de José Sócrates ao Casino da Figueira da Foz, com Ana Jorge, João Portugal e André Figueiredo ( foto Casino da Figueira da Foz)

A chegada de José Sócrates ao Casino da Figueira da Foz, com Ana Jorge, João Portugal e André Figueiredo ( foto Casino da Figueira da Foz)

Na apresentação de ” A Confiança no Mundo ” de José Socrates

27 Out

Entrada do Museu da Eletricidade

Entrada do Museu da Eletricidade


Uma visão da sala de baixo

Uma visão da sala de baixo


Lula da Silva na apresentação do livro

Lula da Silva na apresentação do livro


Lula da Silva, Mário Soares e José Sócrates

Lula da Silva, Mário Soares e José Sócrates


 Museu da Eletricidade

Museu da Eletricidade

Vista parcial

Vista parcial


José Socrates apresentando o seu livro

José Socrates apresentando o seu livro

O valioso tempo dos maduros ou o tempo que foge

20 Jul
Contei meus anos e descobri que terei menos tempo para viver daqui
para a frente do que já vivi até agora.
Tenho muito mais passado do que futuro.
Sinto-me como aquele menino que recebeu uma bacia de cerejas..
As primeiras, ele chupou displicente, mas percebendo que faltam
poucas, rói o caroço.
Já não tenho tempo para lidar com mediocridades.
Não quero estar em reuniões onde desfilam egos inflamados.
Inquieto-me com invejosos tentando destruir quem eles admiram,
cobiçando seus lugares, talentos e sorte.
Já não tenho tempo para conversas intermináveis, para discutir
assuntos inúteis sobre vidas alheias que nem fazem parte da minha.
Já não tenho tempo para administrar melindres de pessoas, que apesar
da idade cronológica, são imaturos.
Detesto fazer acareação de desafectos que brigaram pelo majestoso cargo
de secretário geral do coral.
‘As pessoas não debatem conteúdos, apenas os rótulos’.
Meu tempo tornou-se escasso para debater rótulos, quero a essência,
minha alma tem pressa…
Sem muitas cerejas na bacia, quero viver ao lado de gente humana,
muito humana; que sabe rir de seus tropeços, não se encanta com
triunfos, não se considera eleita antes da hora, não foge de sua
mortalidade,
Caminhar perto de coisas e pessoas de verdade,
O essencial faz a vida valer a pena.
E para mim, basta o essencial!
 A autoria deste texto, que vale por si mesmo, tem suscitado alguma polémica, pelo que aqui deixo o nome dos três a quem é atribuído, Mário Andrade, Ricardo Gondim ou Rubem Alves. Também há debate sobre o fruto (cerejas ou jabuticabas), presumo em função do autor. Seja como for, espero que seja de um deles, senão terei o maior prazer em acrescentar outros nomes .

Essências de Acácio Pinto

13 Jul
Na passada quinta-feira estive na apresentação do livro de poesia “Essências” de Acácio Pinto,  na Biblioteca da  Assembleia da República.
Foi com agrado que assisti à intervenção de Francisco Assis, que fez as honras da apresentação do autor, da Margarida Martins ( das Edições Esgotadas)  e de todos aqueles que quiseram naquele momento associar-se à poesia de Acácio Pinto, lendo fragmentos de uma obra que merece ser visitada e que poderá encontrar numa livraria perto de si.
Depois de ” Intimidades traídas”,  esta apresentação foi a moção de confiança, aprovada por unanimidade, ao percurso literário deste deputado  eleito por Viseu, de quem se espera uma nova obra para breve, a partir do texto com que nos deliciou na apresentação e que teve na presença atenta de seu filho o seu momento especial.
Acácio Pinto , pode ser visitado aqui e no meu gabinete na Assembleia da República e no Sátão.

Acácio Pinto, Francisco Assis e Margarida Martins

Acácio Pinto, Francisco Assis e Margarida Martins

Rui Santos com filho do Autor

Rui Santos com filho do Autor

Vista parcial da assistência. Inês Medeiros em primeiro plano

Vista parcial da assistência. Inês Medeiros em primeiro plano

A primeira fila

A primeira fila

Elza Pais

Elza Pais

Inês Medeiros

Inês Medeiros

Odete João

Odete João

Jorge Fão

Jorge Fão

Imagem

Convite

19 Jun

20130619-123145.jpg

A propósito da Educação

17 Jun

sevenmythscover

Para todos aqueles que se preocupam com a Educação. Para seguir aqui e aqui.
Financiamento Internacional

oportunidades e recursos

Praça do Bocage

Conversa sobre o que nos dá na real gana…

almôndega

narrativas, cebolas e molho vermelho

Recordar, Repetir e Elaborar

O de sempre, só que de novo.

Pra Fora

Depositário do que eu vejo por aí

O Informador

Jornalismo, média, actualidade nacional e internacional

Palavras ao Poste

A OPINIÃO (QUASE) CERTEIRA

%d bloggers like this: