Cavaco, o exegeta

16 Jul

Manuel Catarino no Correio da Manhã :

A comunicação do Presidente da República ao País é um documento notável e inspirador.

Tão claro como o mais retorcido texto bíblico. Recitado em aramaico ou grego clássico, o resultado seria o mesmo. Até o professor Marcelo confessou com mágoa que não percebeu Cavaco.

A compreensão do texto obriga a esforçado estudo de exegese e hermenêutica: cada palavra tem um significado particular e do conjunto resulta uma ideia apenas ao alcance de iluminados. Quer um governo remodelado – ou este serve? Quer eleições agora ou daqui a um ano? Quer o PS a falar com os outros para provar que o acordo é impossível? Se chegarem a acordo, formam um Governo a três?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Financiamento Internacional

oportunidades e recursos

Praça do Bocage

Conversa sobre o que nos dá na real gana…

almôndega

narrativas, cebolas e molho vermelho

Recordar, Repetir e Elaborar

O de sempre, só que de novo.

Pra Fora

Depositário do que eu vejo por aí

Casa das Aranhas

A Verdade vem Sempre ao de Cima

O Informador

Jornalismo, média, actualidade nacional e internacional

Palavras ao Poste

A OPINIÃO (QUASE) CERTEIRA

%d bloggers like this: