Relações laborais: novo relatório aponta crispação no diálogo social na Europa

11 Abr

A crise económica atual coloca sérios desafios ao diálogo entre os representantes dos trabalhadores e dos empregadores e os governos, segundo um relatório hoje publicado pela Comissão Europeia. O relatório revela que as reformas governamentais recentemente adotadas nem sempre foram acompanhadas de um verdadeiro diálogo social, o que resulta em conflitos cada vez mais importantes nas relações laborais na Europa.


László Andor, Comissário para o Emprego, os Assuntos Sociais e a Inclusão, afirmou:

«O diálogo social encontra-se sob crescentes pressões na atual conjuntura de fraca procura macroeconómica, aumentos de impostos e cortes de despesas públicas. Temos de reforçar o papel dos parceiros sociais a todos os níveis, para que possamos sair da crise em que vivemos e salvaguardar os benefícios do modelo social europeu. Um diálogo social bem estruturado é também indispensável para dar resposta ao desafio da evolução demográfica e conseguir melhores condições de trabalho e mais coesão social. Há que reforçar o diálogo social nos Estados-Membros da Europa central e oriental, onde é ainda significativamente mais frágil.»

O envolvimento dos representantes de trabalhadores e empregadores (os parceiros sociais) nas reformas governamentais é vital, uma vez que as soluções encontradas através do diálogo social tendem a ser mais amplamente aceites na sociedade, mais fáceis de implementar e menos suscetíveis de dar azo a conflitos. Assim, a obtenção de acordos consensuais com a articipação dos parceiros sociais ajuda a garantir a sustentabilidade das reformas económicas e sociais a longo prazo. O diálogo social bem estruturado pode contribuir eficazmente para uma Europa mais resistente do ponto de vista económico. De facto, os países com um diálogo social bem alicerçado e relações laborais fortes são, de um modo geral, aqueles cuja situação económica e social se revela mais sólida e sob menor pressão. As potencialidades do diálogo social para a resolução de problemas podem contribuir para ultrapassar a atual crise. O novo relatório ilustra como os resultados do diálogo social europeu podem ter um impacto real nas vidas profissionais dos europeus, mediante, por exemplo, melhores condições de trabalho, saúde e segurança.

no Comunicado de Imprensa da Comissão Europeia.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Financiamento Internacional

oportunidades e recursos

Praça do Bocage

Conversa sobre o que nos dá na real gana…

almôndega

narrativas, cebolas e molho vermelho

Recordar, Repetir e Elaborar

O de sempre, só que de novo.

Pra Fora

Depositário do que eu vejo por aí

Casa das Aranhas

A Verdade vem Sempre ao de Cima

O Informador

Jornalismo, média, actualidade nacional e internacional

Palavras ao Poste

A OPINIÃO (QUASE) CERTEIRA

%d bloggers like this: