Os Deuses devem estar loucos

3 Abr

Mário Soares no Diário de Noticias :

‘(…)Vem isto a propósito do Papa dos pobres, o italo-argentino, antigo cardeal Jorge Mario Bergoglio, hoje Papa Francisco (em homenagem a Francisco de Assis), antigo jesuíta, hoje chamado o Papa dos pobres. Porquê? Porque a sua mensagem e preocupação desde o primeiro dia do seu mandato são os pobres, os que sofrem por terem grandes carências. É pois o Papa dos pobres e do apego à simplicidade, sejam católicos, ateus ou de outras religiões – como disse e repetiu -, todos são irmãos e filhos de Deus.
É pois um Papa antineoliberal, valorizando as pessoas, em favor do Estado social, sem dar valor ao dinheiro, às riquezas, à ostentação, mas sim aos pobres, independentemente das religiões que praticam e mesmo dos que são ateus, porque, segundo ele, são todos filhos de Deus. Com a sua simplicidade, visitando os presos, lavando e beijando os pés das mulheres e dos homens, como iguais, visitando o seu antecessor, o Papa a que chamou emérito, Bento XVI, Francisco conquistou não só os católicos mas a gente de todas as religiões – e os não religiosos – provocando uma verdadeira revolução pacífica no Vaticano, afastando a ostentação, a riqueza inútil e a corrupção, em favor dos pobres e dos que sofrem, sejam de que religiões forem ou mesmo de nenhuma. A crise da instituição eclesiástica é profunda e deve ser ultrapassada, como disse o teólogo Leonardo Boff. É o que pretende o Papa Francisco.(…)’

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Financiamento Internacional

oportunidades e recursos

Praça do Bocage

Conversa sobre o que nos dá na real gana…

almôndega

narrativas, cebolas e molho vermelho

Recordar, Repetir e Elaborar

O de sempre, só que de novo.

Pra Fora

Depositário do que eu vejo por aí

Casa das Aranhas

A Verdade vem Sempre ao de Cima

O Informador

Jornalismo, média, actualidade nacional e internacional

Palavras ao Poste

A OPINIÃO (QUASE) CERTEIRA

%d bloggers like this: