Somos todos saudáveis …menos um

9 Jan

Laura Ferreira dos Santos no Publico
Seja como for, neste novo ano façamos a vontade ao secretario de Estado da Saúde, e evitemos o SNS, onde nos divertíamos tanto por podermos ficar horas infindas à espera de uma consulta, como alguém que não tem mais nada de importante a fazer na vida. Evitemos o SNS e, para satisfação do ministério  contratualizemos antes com uma funerária a forma de pagamento do nosso funeral, de modo a não deixarmos despesas para ninguém, como já o fez no seu país uma amiga minha espanhola. Mesmo que não haja depois medalha de latão nem bandeira de heroicidade.’

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Financiamento Internacional

oportunidades e recursos

Praça do Bocage

Conversa sobre o que nos dá na real gana…

almôndega

narrativas, cebolas e molho vermelho

Recordar, Repetir e Elaborar

O de sempre, só que de novo.

Pra Fora

Depositário do que eu vejo por aí

Casa das Aranhas

A Verdade vem Sempre ao de Cima

O Informador

Jornalismo, média, actualidade nacional e internacional

Palavras ao Poste

A OPINIÃO (QUASE) CERTEIRA

%d bloggers like this: