O pensamento do dia

20 Fev

“Vivemos várias vidas ao longo da que parece ser apenas uma. E se não nos domesticarmos por dentro, nunca aprenderemos o bastante para não sofrermos dos males do destino. Por isso, não se engane. Podemos ter os melhores mestres, frequentar escolas de elite, ler romances e ensaios, chorar nas peças de teatro e ver os filmes que marcaram a história – com tudo isso brilharemos à mesa com os amigos. Mas o único sítio onde tudo se joga e aprende; o lugar em que aprendemos a juntar as peças do que vemos, ouvimos e sentimos, é o interior de cada um de nós. Aí não digerimos apenas o que comemos – existe aí um lugar encantado ou por encantar onde escolhemos ser livres, idiotas, absurdos ou generosos. Onde escolhemos que caminho levar quando chega a inevitável tempestade. “

Luís Osório, in Sol                                                                                                                                                                                                                                                                                      

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Financiamento Internacional

oportunidades e recursos

Praça do Bocage

Conversa sobre o que nos dá na real gana…

almôndega

narrativas, cebolas e molho vermelho

Recordar, Repetir e Elaborar

O de sempre, só que de novo.

Pra Fora

Depositário do que eu vejo por aí

O Informador

Jornalismo, média, actualidade nacional e internacional

Palavras ao Poste

A OPINIÃO (QUASE) CERTEIRA

%d bloggers like this: