E TUDO COMEÇA ASSIM…

9 Jul

Se dúvidas houvessem sobre a vontade de se iniciar um novo ciclo na Federação Distrital de Coimbra do Partido Socialista, elas ficam aqui dissipadas.
Sei bem o quão importante é a vossa presença aqui, hoje, e como ela é determinante para a mudança que desejamos protagonizar.

Não há tempo para hesitações, nem calculismos. O silêncio é gémeo da situação.

O presente confronta-nos com duas opções claras: acreditar no futuro ou adiá-lo.

Não há mais alternativas. O lamento cúmplice tem de dar lugar à indignação e tomada de posição!

As minhas palavras iniciais são de agradecimento pela vossa presença e pela confiança que em mim depositam.

Um agradecimento especial ao Manuel da Costa por ter acreditado sempre, por ter recusado o recolher obrigatório das consciências prisioneiras do calculismo partidário.

Contigo ao meu lado, nunca me esqueço da expressão: “quanto mais a luta aquece, mais forca tem o Ps!”. Que força tu nos deste! E continuarás a dar como Presidente da Comissão Honra desta candidatura.

Ao meu amigo Ricardo Castanheira o agradecimento por aceitar ser meu mandatário distrital. A tua presença activa representa a necessidade que temos de valorizar os jovens quadros que militam no PS.
Ao Luís Ribeiro, mandatário distrital para a juventude, também o meu agradecimento.
És um jovem que pensa a politica com a simplicidade dos grandes líderes. A tua preocupação são as pessoas, a tua bússola são os valores Republicanos. Contamos todos contigo, com o teu exemplo, para dar visibilidade aos jovens que acreditam na política como uma escola virtudes
Camaradas

Aproximam-se as eleições para a Federação Distrital do PS Coimbra. E é absoluta a necessidade de uma Nova Federação do Partido Socialista – que respeite as suas referências históricas, que ouça os militantes, que esteja atenta à sociedade. Falta uma liderança forte na defesa dos interesses de Coimbra, mas que seja, ao mesmo tempo, lúcida e serena.

O Distrito precisa, a política distrital reclama e a modernidade impõe!

Uma Federação de Coimbra em que o PS seja representativo das suas bases, plural, participativo, desconcentrado e descentralizado, emanado do interesse geral. A um Partido dependente de poderes pessoais deve dar lugar um Partido de estruturas, onde não existam receios fúteis e onde o interesse colectivo se sobreponha às lógicas de poderes individuais.

Uma Nova Federação de um PS que queremos livre, actuante, militante de causas nobres, em defesa dos mais carenciados, dos idosos, das mulheres e de todos os que precisem de maior atenção do Estado Social.

Caras e Caros Camaradas

O Partido Socialista no nosso Distrito tem desenvolvido a sua intervenção política com uma completa ausência de projecto, divorciado da sociedade civil e evitando sistematicamente um debate plural entre todos os militantes.

Por ser assim importa – pensar diferente, decidir diferente, agir em conformidade.

A política é a ciência que governa os povos. Torna-se necessário assumir a capacidade de a fazer regressar à sua nobre condição de servir. Perseguir esse objectivo é um imperativo. Importa torná-la perceptível a todos os cidadãos, apelando à sua consciência cívica. Paralelamente, torna-se imperioso que os membros dos partidos políticos se assumam como activistas de causas e não como representantes de interesses.

Este é um desafio para o qual todos os socialistas estão convocados. E todos devem saber honrar essa responsabilidade.

Por isso mesmo e por especial dever de consciência, serei candidato à presidência da Federação.

Serei candidato porque Coimbra não pode continuar a assistir impávida e serena à desvalorização do distrito no todo nacional. Não é Lisboa que tem que dar a Coimbra – Coimbra tem de se afirmar por si, tem que exigir, com racionalidade e oportunidade. Temos que acreditar e lutar por Coimbra e pela Região Centro.

Serei candidato porque acredito que é possível construir um projecto político que defenda, projecte e aponte novos caminhos para o desenvolvimento do distrito. Esse projecto nascerá da participação de todas as 17 concelhias, das dezenas de secções, e com o contributo de todos os militantes.

Serei candidato porque quero unir toda grande família socialista, em torno de uma Nova federação onde todos tenham lugar sem olhar a vencidos e vencedores. Uma Nova federação que respeite e incentive o trabalho e as decisões das concelhias e secções.

Serei candidato porque acredito num Partido que se constrói a partir das bases e que, por isso, valoriza o contributo de todos. E a todos, especialmente aos que se bateram pelo PS nas últimas eleições autárquicas, tantas vezes com sacrifício das suas vidas pessoais e profissionais, dirijo uma palavra de agradecimento, de estímulo e de confiança. Com a certeza de que, vencedores e vencidos, nunca mais serão abandonados pela Federação Distrital do PS. Uma das primeiras iniciativas da Nova Federação Distrital será a criação do Gabinete de Apoio ao Autarca, coordenado por um membro do secretariado e assessorado por um corpo técnico especializado que, não só disponibilizará informação aos autarcas em exercício, como reunirá regulamente com os eleitos e não eleitos, promovendo com eles acções de formação e esclarecimento.

Não me candidato contra ninguém, candidato-me porque acredito num Partido modernamente organizado, com elevado sentido ético, que aposte na formação dos seus quadros e que se comprometa com um verdadeiro projecto social. Creio ser esse o caminho para a credibilização do PS, para uma nova relação de confiança com os nossos eleitores e, não menos importante, para a afirmação de um Distrito de Coimbra que lidere pelos bons exemplos.

Caras e caros camaradas

O Secretário-geral, os órgãos nacionais e o governo do Partido Socialista terão aqui aliados leais e empreendedores na prossecução dos grandes objectivos nacionais.

A Nova Federação de Coimbra compromete-se a intermediar a acção do governo com os autarcas eleitos pelo PS, sendo que isso não a impedirá de estar atenta à vida política no distrito, bem como à política nacional e internacional, reservando-se o direito e o dever de, em cada momento, se posicionar em relação às mesmas.

Não posso deixar de defender aqui, pública e firmemente que não compreendo, nem aceitarei o adiar ‘ad aeternum’ de projectos estruturais para o distrito de Coimbra, como são o Metro de Superfície e em especial a Ligação Coimbra – Miranda – Lousã, ou os troços do IC6, IC7 e IC37.

Camaradas

Não contem comigo para a pequena intriga, para a pessoalização e fulanização do debate interno. Assumo, aqui, um compromisso convosco e com todos os militantes socialistas. O compromisso de elevar o debate interno, de discutir ideias e rumos para o futuro, fraterna e solidariamente, democrática e empenhadamente. É com esta nova forma de liderança que a Federação recuperará junto dos cidadãos uma imagem de irrepreensível credibilidade e voltará a ser a grande referência nacional que já foi.

E é com esta nova forma de liderança que a Federação de Coimbra do Partido Socialista se empenhará, convicta e apaixonadamente, para que o nosso camarada, socialista de Coimbra, Manuel Alegre, obtenha uma vitória histórica em Janeiro, nas eleições presidenciais.

Camaradas e amigos

O resultado que obtivemos há dois anos abre-nos, hoje, um horizonte claro de vitória.

Será a vitória dos que, já no passado, assumiram a diferença, mas será, verdadeiramente, a vitória de todos os socialistas de Coimbra, da Serra ao Litoral, sem exclusões ou discriminações.

Os apoios que nos chegam, de dia para dia, não deixam margem para dúvidas.

Vamos ao longo destes meses, até Outubro, apresentar o nosso projecto, as nossas propostas. Iremos a todos os Concelhos, a todas as secções. Estaremos abertos à confrontação e ao debate democrático.

Seremos firmes e inabaláveis nos princípios éticos republicanos e na defesa de um Estado Social forte. Não usaremos a demagogia e a mentira. Não usaremos a coacção, a ameaça e as promessas sempre repetidas em cada acto eleitoral.

Nas eleições do próximo mês de Outubro, estou certo de que Mudaremos juntos. Acredito que Venceremos, lado a lado.

Conto com todos!

Muito obrigado

Viva Coimbra, Viva o Partido Socialista!

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Financiamento Internacional

oportunidades e recursos

Praça do Bocage

Conversa sobre o que nos dá na real gana…

almôndega

narrativas, cebolas e molho vermelho

Recordar, Repetir e Elaborar

O de sempre, só que de novo.

Pra Fora

Depositário do que eu vejo por aí

O Informador

Jornalismo, média, actualidade nacional e internacional

Palavras ao Poste

A OPINIÃO (QUASE) CERTEIRA

%d bloggers like this: